segunda-feira, 15 de março de 2010

"Não é preciso que você tenha todas as virtudes.
Importa que boa parte delas estejam na sua pauta diária,
como metas a serem alcançadas gradativamente.
Não é preciso que você seja perfeito.
Importa que você manifeste generosamente
aquela parcela do seu Ser que já é pura luz e perfeição.
Não é preciso que você seja santo -somos todos pecadores.
Importa o veredicto da sua própria consciência
quando a sós consigo mesmo e o firme propósito
de não incorrer nas mesmas transgressões,
por você reconhecidas.
Não é preciso que você ame seus inimigos.
Importa que suas atitudes de legítima bondade e retidão
desfaçam os liames de ódio
que os mantêm atrelados a sua pessoa.
Não é preciso que você seja um pilar de forças e sabedoria.
Importa compreender que neste mundo somos todos frágeis
e carentes aprendizes,
passando pelas muitas provas que a vida nos oferece a cada dia.
Não é preciso que você seja um vencedor
aos olhos do mundo.
Importa sim a paz advinda daquelas pequenas vitórias diárias
que só você, e tão somente você conhece.
Não é preciso que você seja popular, famoso,
amado ou benquisto.
Importa primeiro que você se ame e se respeite,
pelo sincero reconhecimento
daquela Divina Centelha que habita seu Ser,
de forma singular e inigualável.
Sorria sempre!
Diga "muito obrigado" em todas as situações
e que em seus lábios sempre haja uma palavra de louvor!"
.
Fátima Irene Pinto


Nenhum comentário: