sexta-feira, 28 de agosto de 2009


"Quero saber florir, como flor que começa a nascer.
Que começa a sentir a sua volta o aquecer do Sol.
Que poderá vir a ser uma benção,
para todos os que acreditarem nela.
Sem queixumes, sem dor de amor,
sem tristezas, em sua vida.
Florir como todas as flores, espalhadas, no campo,
singelas, como as margaridas que são lindas,
nos dando um colorido natural e puro
criadas, como todas, pelas mãos de Deus.
Quero sentir um mundo melhor,
onde não impere a violência,
a frustração das pessoas que não sabem amar,
nem se doar, nem ser amigos,
nem receber a amizade.
Amizade, dom precioso,
que só conhecem os espíritos de luz,
aqueles que têm algo a oferecer e que não fogem
à primeira chuva que cai em cima delas.
São firmes e verdadeiros,
incapazes de magoar a quem quer que seja.
Se eu souber florir, espalharei pétalas de amor,
de amizade, de caridade pura, com o meu simples sorriso.
E renascida flor, serei qualquer uma.
Não me escolherei.
Deixarei que o Senhor faça isso por mim.
Poderei ser: rosa, cravo, bem-me-quer, miosótis, zínia,
papoula, camarão,
redondendro que é a lágrima de Cristo,
ou flores multicores, como as flores do campo.
Tudo serei, sem saber qual sou.
Só me importa a minha valia para o bem,
ao passar por este Planeta.
Com a alma pura, na perspectiva de um belo horizonte,
onde florescem todas as flores e amores...
Só quero uma coisa apenas, antes de partir.
Quero me sentar na varanda,
ver o por do sol,
como alguma flor que serei e ter comigo
a minha essência que será sempre o "Saber Florir".
Num dia qualquer, em que me senti Flor,
e Floresci..."
.
=]

segunda-feira, 10 de agosto de 2009




“Ser solidário é saber fazer lugar em nós para os outros. É ser capaz de escutar aquilo que o outro quer dizer. É adivinhar a palavra que ainda não foi dita. É antecipar o gesto que o outro tinha a intenção de nos pedir.”
.


sexta-feira, 7 de agosto de 2009


"Fazer a felicidade dos outros é a melhor maneira de ser feliz". Baden Powell de Aquino, compositor e violonista
.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Viver é arriscar-se



"Rir é arriscar-se a parecer doido...
Chorar é arriscar-se a parecer
sentimental.
Estender a mão é arriscar-se
a se comprometer.
Mostrar os seus sentimentos é arriscar-se
a se expor.
Dar a conhecer as suas idéias, os seus sonhos,
é arriscar-se a ser rejeitado.
Amar é arriscar-se a não ser retribuído no amor.
Viver é arriscar-se a morrer.
Esperar é arriscar-se a se desesperar.
Tentar é arriscar-se a falhar...
Mas devemos nos arriscar!
O maior perigo na vida está
em não arriscar.
Aquele que não arrisca nada...
Não faz nada...
Não tem nada..."

.