segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Viver é arriscar-se



"Rir é arriscar-se a parecer doido...
Chorar é arriscar-se a parecer
sentimental.
Estender a mão é arriscar-se
a se comprometer.
Mostrar os seus sentimentos é arriscar-se
a se expor.
Dar a conhecer as suas idéias, os seus sonhos,
é arriscar-se a ser rejeitado.
Amar é arriscar-se a não ser retribuído no amor.
Viver é arriscar-se a morrer.
Esperar é arriscar-se a se desesperar.
Tentar é arriscar-se a falhar...
Mas devemos nos arriscar!
O maior perigo na vida está
em não arriscar.
Aquele que não arrisca nada...
Não faz nada...
Não tem nada..."

.