quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Por que não é sempre Natal?



"Por que de repente é tão importante que
um só dia seja tão perfeito?
Por que é tão urgente que
os sentimentos sejam plenos, o coração transbordante
a bondade explícita, a alegria irretocável,
ao menos uma vez ao ano?
Por que desejamos o olhar mais puro,
as vozes mais lindas, a músicas mais perfeitas,
as luzes mais brilhantes,
ao menos uma vez ao ano?
Por que deixamos essa criança nascer
só uma vez ao ano
e nunca deixamos ela crescer
e ser um homem doce, milagroso e terno,
repleto de Luz, de Paz de Perfeita Harmonia,
em todos os dias do ano dentro de nós?
Por que essa criança, que renasce uma vez ao ano,
não chega a ensaiar os seus passinhos
dentro de nosso coração?
Por que não podemos vê-la, sempre,
derramar seu cristalino sorriso
limpando a nossa alma todos os dias do ano?
Por que não é sempre Natal?"
.